quinta-feira, março 30

O tempo
“O tempo tem aspectos misteriosos:
Um ano passa a toda a velocidade,
E um minuto, se estamos ansiosos
Parece, às vezes, uma eternidade.

Um dia ou é veloz ou pachorrento
-depende do que está a acontecer-
O tempo de estudar, pode ser lento.
O tempo de brincar, passa a correr.

E aquela terrível arrelia
Que até te fez chorar, por ser tão má,
deixa passar o tempo. Por magia,
Quando olhamos para trás, já lá não está. “

(Rosa Lobato Faria)

6 comentários:

  1. O eterno enigma do tempo...
    Que no brincar passa a correr e na dor parece eterno!
    Sempre gostei de Sofia e da sua sensibilidade.
    Abraço.

    ResponderEliminar
  2. Boa tarde, querida amiga irmã!
    Sim, ele é voador... passa e consome tudo... passa e nem percebermos... passa e nem nos damos conta de que ele é veloz...
    É a vida!
    Que Deus nos dê tempo de sermos bons à medida do seu sonho de amor para cada um de nós!
    Bjm muito fraterno

    ResponderEliminar
  3. Lindo demais! Adorei e o tempo voa! bjs, chica

    ResponderEliminar
  4. Excelente escolha, lindo poema.
    O tempo vai passando inexurávelmente por nós, com momentos bons e outros menos bons.
    Bom fim de semana
    Beijinhos
    Maria

    ResponderEliminar
  5. Belo poema sobre o tempo. Uma reflexão para valorizar o nosso tempo, aproveitá-lo bem, pois ele passa muito veloz, sobretudo nos momentos de felicidade. Beijos!

    ResponderEliminar
  6. Lindo e boa reflexão à luz do tempo, que tanto inquieta.
    Esta semana li umas três poesias sobre o correr do tempo.
    Bela partilha Natália.
    Meu abraço de paz.

    ResponderEliminar

Amo quem chega trazendo Carinho, Sorrisos, Alegria e Paz para a nossa Vida.